quinta-feira, 2 de junho de 2011

Arrependimento, Confissão e Perdão

"Quem esconde seu pecado não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia." Prov. 28:13

Quando criança decidi que iria brincar na sala de casa. Uma bolinha na mão e uma imaginação fértil, não precisava de mais nada. Lá estava eu jogando a bolinha contra a parede e pulando para agarrá-la como um bom goleiro faz. Então minha mãe apareceu e eu o clássico toque de advertência.

-Filho, está vendo esses pratos de parede? Você pode acertar a bolinha neles e quebrá-los e, se isso acontecer, você vai ter uma conversa com seu pai quando ele voltar do trabalho.

Dito e feito, o "grande goleiro" que pegava todas as bolinhas ficou olhando o prato de parede cair e se quebrar no chão. Juntei os cacos, limpei o chão e corri para o quarto. Minha cabeça fervilhava, a barriga gelava, as pernas tremiam... Que desculpa iria dar? Cada minuto me fez refletir sobre a escolha que havia feito.

De repente ouvi um barulho no portão, era papai. Ao perceber que ele entrava em casa peguei uma cinta, compreendi que nao adiantava esconder o fato, precisava assumir as consequências da minha escolha. Saí ao seu encontro, mostrando a parede onde ficava o prato (ele nem sabia da tragédia, mas rapidamente entendeu), entregando-lhe a cinta disse aos prantos que merecia apanhar. Sua mão tocou-me o ombro, mirou os meus olhos e disse: "Filho, creio que tudo o que aconteceu serviu de lição, portanto, eu o perdoô!" Jamais vou esquecer esse perdão.

Quantas vezes brincamos com o pecado. Recebemos algumas advertências, recados do risco que corremos. Porém, chega o dia que vemos nossa vida em cacos e não sabemos o que fazer. Surge em nosso coração um desejo de algo que não possuímos e percebemos que nada nesse mundo pode nos saciar ou resolver o problema. É nesse momento que devemos reconhecer que esse desejo é a voz de Deus falando ao coração, e o clamor de nossa alma deve ser o de pedir que Ele coloque dentro de nós o verdadeiro arrependimento.

"Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo, para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" I João 1:9

Meditações de Pôr-do-Sol - 2007


Nota DECIDI SER FIELRealmente é ótimo saber que quando chegamos ao nosso Papai ele nos perdoa e estende os Seus braços para nos ajudar. Nunca esqueça que, em momento algum Deus nos deixa sozinho, e que sempre teremos o Seu colo pra nos confortar. Tenha um Feliz Sábado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário