segunda-feira, 30 de maio de 2011

Sim, o mundo vai acabar.

Umas das maiores perguntas e maiores anseios do coração humano é saber até onde vai esse mundo. Para saciar essa "sede" por um resposta, já tivemos e continuamos levantando várias supostas datas. Mas o mundo vai acabar? Que dia? Quando? Como?

Com a bíblia podemos responder todas essas perguntas. Primeiro, o mundo vai acabar? Como?

"Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada." Mateus 24:2

"Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre," Daniel 2:44

No segundo capitulo do livro de Daniel podemos ver que os reinos que existem atualmente, irão acabar, e isso se dará com a vinda do Senhor Jesus, que firmando o seu reino irá consumir tudo que conhecemos como reino, países, sociedades atuais. Não, o mundo não vai acabar com uma grande guerra, uma bomba, um meteoro, falta de agua, uma grande catástrofe. De acordo com a Bíblia, esse mundo terá seu fim com a volta de Jesus.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Unidos em Cristo


Enquanto aguardamos para breve a segunda vinda de Cristo, temos o grande privilégio, como membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia, de implorar pelo reavivamento, reforma e pela última chuva, enquanto proclamamos as mensagens dos três anjos de Apocalipse 14:6-12.
Olhando a Cristo, como fazemos, devemos avançar unidos em nossa mensagem bíblica e missão atribuída pelo Céu. Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 259 nos diz:
O segredo da unidade encontra-se na igualdade entre os crentes em Cristo. A razão de todas as divisões, discórdias e diferenças encontra-se na separação de Cristo. Cristo é o centro para o qual todos devem ser atraídos; pois quanto mais nos aproximarmos do centro, tanto mais nos aproximaremos uns dos outros em sentimento, em simpatia, em amor, crescendo no caráter e imagem de Jesus.
No entanto, alguns grupos ou ministérios independentes, em diversas partes do mundo, parecem reclamar para si mesmos um papel profético ou corretivo que, às vezes, pode criar controvérsias que dividem congregações e a irmandade. Como igreja remanescente dos últimos dias, é muito importante olharmos a Cristo em busca de unidade em nossa comissão doutrinária, dada por Deus para Seu movimento profético, e voltada para a missão.
Testemunhos Para Ministros e Obreiros Evangélicos, p. 61 indica:

domingo, 22 de maio de 2011

A marcação de datas produz efeitos negativos

Olhando para a previsão de fim do mundo do sábado 21 de maio, um cristão do Texas disse que muitos dos seguidores de Harold Camping que deixaram seus empregos, casas e gastaram seu dinheiro irão ser devastados espiritualmente ao ponto de provavelmente perder a fé. Como ele sabe? É porque ele teve uma experiência como essa com uma previsão de fim do mundo aproximadamente 23 anos atrás.

Ainda jovem, o autor cristão Jason Boyett e seus amigos de juventude acreditaram que seriam engolidos pelo arrebatamento de setembro de 1988, previsto pelo engenheiro da NASA Edgar Whisenant.

"Eu acho que a experiência do ‘arrebatamento’ teve um papel real na minha mentalidade cética que começou a se desenvolver."

Talmidim 008: Unção

sábado, 21 de maio de 2011

Fogo no sábado

Já ouviram a pergunta abaixo, muito utilizada pelos opositores do sábado que gostam de escarnecer dos Adventistas?

"Se os Adventistas querem ser tão certinhos na guarda dos Mandamentos, por que continuam acendendo fogo no sábado, já que a Bíblia proíbe tal prática?"


Esta pergunta demonstra grande ingenuidade, ou profundo desconhecimento da história bíblica.
A passagem na qual o Senhor orientou Seu povo a não acender fogo no sábado foi Êxo. 35:3.

Bento XVI pede união de todas as Igrejas cristãs


O papa Bento XVI pediu hoje a unidade de todas as igrejas cristãs, porque “a comunhão dos cristãos torna mais crível e eficaz o anúncio do Evangelho”, antes de rezar o Ângelus dominical na Praça de São Pedro, diante de cerca de 50 mil fiéis. Bento XVI anunciou que assistirá amanhã à cerimônia ecumênica presidindo as solenes vésperas na Basílica de São Paulo Extramuros, no encerramento da Semana de Oração para a União dos Cristãos, que coincide com a conversão de são Paulo. “A Igreja é concebida como o corpo, do qual Cristo é a cabeça, e forma com Ele um uno”, acrescentou o papa, citando São Paulo: “Todos fomos batizados mediante um só espírito em um só corpo, judeus ou gregos, escravos ou libertos, e todos saciamos nossa sede espiritual.”
Graças aos carismas, “a Igreja se apresenta como um organismo rico e vital, não uniforme, fruto do único Espírito Santo que conduz todos a uma unidade profunda, assumindo as diferenças sem aboli-las e realizando uma união harmoniosa”, disse.
Portanto, é justo em Cristo e no espírito que a Igreja é una e santa, o que é uma íntima comunhão que supera a capacidade humana e a sustenta, afirmou o pontífice.
O papa lembrou a figura de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas e da imprensa católica, cuja memória litúrgica é celebrada hoje e a relacionou com a mensagem que enviou ontem aos sacerdotes para que divulgassem o evangelho pela internet.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Como evitar a avalanche de apostasia

O que podemos fazer para evitar o grande número de apostasia existente em nossas congregações? O que os líderes das nossas igrejas devem fazer para que ex-cristãos retornem à casa paterna? Como fechar a porta dos fundos? Aqui, vamos refletir um pouco sobre uma das coisas que podemos fazer para evitar a avalanche da apostasia.

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.” (Mateus 28:19-20)

Esta é a grande comissão que temos a realizar. No processo de tal tarefa, nosso sonho é ver a igreja crescer. Entretanto, não é raro acontecer de, na admissão de cada novo membro, muitas igrejas já criarem ali um novo apóstata em potencial. No fim das contas, o que gera é decréscimo e não acrécimo. Por quê? Porque não prepararam o novo converso devidamente para, então, batizá-lo e recebê-lo como membro. E, também, porque não prepararam a igreja para receber e abraçar esse novo membro. De acordo com o livro Serviço Cristão, “O melhor auxílio que os ministros podem prestar aos membros de nossas igrejas, não é pregar-lhes sermões, mas planejar trabalho para eles.”

sábado, 14 de maio de 2011

Marta Suplicy quer liberdade de expressão para religiosos ‘apenas’ dentro de templos

“O problema está nas entrelinhas, sra. Marta”
A bancada evangélica conseguiu novamente em uma atitude heróica barrar o PL 122/2006. Sou católico anti-ecumênico, mas devo admitir que os protestantes prestaram um valoroso serviço.
A Senadora Marta Suplicy, inconformada com a derrota, tentou mais uma vez ludibriar a sociedade com suas declarações. Marta que segundo o jornal O Estado de São Paulo incluiu uma emenda permitindo que todas religiões e credos exerçam sua fé, dentro de seus dogmas, desde que não incitem a violência declarou: “O que temos na fé é o amor e o respeito ao cidadão. Me colocaram que o problema não era intolerância nem preconceito, mas liberdade de expressão dentro de templos e igrejas. O que impede agora a votação? O que, além da intolerância, do preconceito, vai impedir a compreensão dessa lei?”, questionou Marta.

Adventismo Histórico?

Brasília, DF … [ASN] Ministérios independentes e grupos dissidentes buscam espaço nas congregações adventistas sob a alegação de serem os genuínos arautos do assim chamado “adventismo histórico”, que precisa ser pregado a uma igreja supostamente em apostasia doutrinária. Alguns desses ministérios e grupos definem adventismo histórico como a rejeição da doutrina da Trindade e da personalidade do Espírito Santo. Suas principais características são consideradas em um artigo publicado anteriormente.1 Outros ministérios e grupos, mesmo aceitando a existência da Trindade, alegam que Cristo assumiu uma natureza humana caída, com a mesma tendência natural para o pecado dos demais seres humanos.

O presente artigo provê uma breve análise crítica deste segundo segmento, da perspectiva do seu apelo à história adventista; do seu uso da Bíblia e dos escritos de Ellen G. White; de sua suposta relevância para a mensagem adventista, bem como do perfil ético dos seus postulados.

Quão histórico é o adventismo histórico? – As exposições históricas produzidas pelos adventistas históricos dão a impressão de que todos os pioneiros acreditavam exatamente como eles, sem vozes divergentes; e que a publicação do livro Questions on Doctrine [Questões Sobre Doutrina], em 1957, introduziu no seio da denominação a assim chamada “nova teologia” apóstata. Críticas são feitas também a D. E. Rebok, que revisou em 1949 o clássico livro Bible Readings for the Home Circle (publicado em português como Estudos Bíblicos), suprimindo do seu conteúdo a afirmação de que Cristo veio em “carne pecaminosa” como a dos demais descendentes de Adão. Mas nenhuma alusão é feita ao fato de que tal afirmação, não sendo parte do conteúdo original do livro (publicado desde 1889), foi incorporada a partir da edição revisada de 1914!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

A hora de reavivamento e reforma


São 7:00h da manhã – hora de reavivamento e reforma. Tem sido esta a proposta para todos os Adventstas à volta do mundo: juntarem-se nesta calma e tranquila hora da manhã, num movimento de oração e súplica para que cada um se sinta tocado e movido pelo Espírito do Senhor a preparar a sua vontade para efetuar as necessárias transformações pessoais exigidas pelos fascinantes diasque se avizinham.

Como já li, alguns poderão dizer que já vimos este tipo de iniciativa antes, sendo que, provavelmente, não surtiu os resultados que se esperavam. Se assim for, e admito-o perfeitamente, estou certo que a falha não esteve do lado de Deus. A haver algo que contribuiu para esse insucesso, terá sido, seguramente, um menor empenho, um défice na entrega e uma decisão que não passou de um desejo superficial que nunca chegou a concretizar-se numa vivência prática.

Mas tendo sido assim no passado, é agora um risco muito pior do que antes olhar para este novo ânimo e dinâmica como algo mais que surge, se inicia com toda a força, e que logo perder ímpeto, como em tantas outras ocasiões. Quero refletir porque razão este é um grave erro.

domingo, 8 de maio de 2011

União de Casais Homossexuais – o início de uma transformação na sociedade?


 Agora é definitivo, o Brasil reconhece civilmente os direitos dos casais homossexuais, tanto os que forem formados por 2 homens, quanto por 2 mulheres, inclusive a ADOÇÃO DE CRIANÇAS (pasmem!). A decisão foi dada ontem, em unanimidade, pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (veja aqui a notícia completa). 
Até que ponto esta decisão histórica, tomada à revelia dos apelos das entidades que defendem uma constituição familiar monogâmica e heterossexual (como as Igrejas tradicionais, por exemplo), pode ser um prenúncio de decisões mais polêmicas em um futuro próximo? As minorias religiosas, como os Adventistas do 7º Dia, precisam ficar alertas sobre a maneira como o Judiciário Brasileiro analisará situações que as envolvam, em especial quando isto vier de encontro aos “apelos da sociedade moderna”? O Projeto de Lei 122 (que vai colocar na cadeia um pastor que se recusar a casar homossexuais!) passará com mais facilidade pelo Congresso Nacional, depois desta decisão do Supremo?

A partir de agora, devemos ficar AINDA MAIS alertas… na minha opinião!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Liminar proíbe que Ordem dos Músicos interfira em cultos religiosos

Uma liminar concedida pela 1ª Vara Federal Cível de São Paulo determinou ao Conselho Federal da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) que deixe de praticar qualquer ato que impeça ou atrapalhe a realização de eventos musicais religiosos em templos, igrejas e ambientes de natureza religiosa. A decisão, requerida pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, do Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP), foi conseguida depois que fiscais da OMB impediram músicos de uma igreja de executar seu repertório musical por não serem credenciados pela Ordem dos Músicos. O caso aconteceu em junho de 2009.

A liminar tem efeito em todo o território nacional e impede ainda que a OMB multe músicos membros das igrejas descredenciados. A decisão ainda estabelece a multa de R$ 10 mil, caso a decisão seja descumprida.

domingo, 1 de maio de 2011

Sinais do fim – todos de uma vez

Quando são mencionados os sinais da volta de Jesus, algumas pessoas respondem mais ou menos assim: “Terremotos, fome e violência sempre existiram.” É verdade, muitas dessas mazelas sempre existiram, desde que Adão e Eva foram expulsos do paraíso após desobedecerem a Deus. Ao que tudo indica, terremotos são efeitos secundários do dilúvio, que causou a fragmentação da crosta terrestre em grandes placas mais ou menos instáveis. O que muitos não estão se dando conta é da intensidade e ocorrência simultânea de todos os sinais numa mesma época. É como as dores do parto que vão se tornando mais intensas e sentidas a intervalos cada vez menores à medida que vai chegando o momento de dar à luz. Jesus breve voltará para dar fim à história de pecado e para enxugar dos olhos toda a lágrima (Ap 21:4).

A Revista do Ancião (CPB) de abril-junho de 2011 traz um esboço de sermão interessante preparado por Frank Breaden, da Austrália. O título é “Dez Grandes Sinais da Volta de Jesus”. Confira a lista: