domingo, 25 de julho de 2010

Conselhos de Ellen G. White - A Dança

A Dança não é Aconselhada ao Cristão

O verdadeiro cristão não desejará entrar em nenhum lugar de diversão nem se entregar a nenhum entretenimento sobre que não possa pedir a bênção divina. Não será encontrado no teatro, e nos salões de jogos. Não se unirá aos alegres valsistas, nem contemporizará com nenhum outro enfeitiçante prazer que lhe venha banir a Cristo do espírito. Aos que intercedem por essas distrações, respondemos: Não podemos com elas condescender em nome de Jesus de Nazaré. A bênção de Deus não seria invocada sobre a hora passada no teatro ou na dança. Cristão algum desejaria encontrar a morte em tal lugar. Nenhum quereria ser encontrado aí, quando Cristo viesse. Quando chegarmos à hora final, e nos acharmos face a face com o registro de nossa vida, acaso lamentaremos haver assistido a tão poucas festas? Ter tão poucas vezes participado de cenas de precipitada alegria? Não haveremos antes de chorar amargamente o ter gasto tantas horas preciosas na satisfação egoísta - negligenciado tantas oportunidades que, devidamente aproveitadas nos haveriam garantido tesouros imortais?

quinta-feira, 15 de julho de 2010

50 Conselhos de Ellen G. White Sobre Música

50 Conselhos de Ellen G. White Sobre Música (Citações de Ellen G. White compiladas por: Pr. Irineu Koch)

1. O que diz EGW sobre a perversão e o emprego correto da música?
"A música, muitas vezes, é pervertida para servir a fins maus, e assim se torna um dos poderes mais sedutores para a tentação. Corretamente empregada, porém, é um dom precioso de Deus, destinado a erguer os pensamentos a coisas altas e nobres, a inspirar e elevar a alma." (Ed. pág. 166)

2. Mencione 5 dos poderes que a música possui.
"Poder para: (1) subjugar as naturezas rudes e incultas; poder para (2) suscitar pensamentos e (3) despertar simpatia, para (4) promover a harmonia de ação e (5) banir a tristeza e os maus pensamentos, os quais destroem o ânimo e debilitam o esforço." (Ed. pág. 167)

3. Que tipo de música deve ser cantado no lar?
"Que haja cântico no lar, de hinos que sejam suaves e puros, e haverá menos palavras de censura e mais de animação, esperança e alegria." (Ed., pág. 167)

4. Que relação existe entre o canto e a oração como partes do culto?
"Como parte do culto, o canto é um ato de adoração tanto quanto a oração" (Ed., pág. 167)

5. Em que aspecto é a música um dos mais eficientes meios?
"O canto é um dos meios mais eficientes para impressionar o coração com verdades espirituais." (R.H., 6 de Junho de 1912)

sábado, 10 de julho de 2010

Para nossa proteção

Um dia Joãozinho, um garoto de seis anos, chegou em casa gritando entusiasmado:

- Mamãe, posso ir nadar lá no lago?

- Mas, filho, o lago é muito profundo. Quem vai junto?

Joãozinho olhou para o chão e respondeu timidamente:

- Meus amiguinhos da escola...

- Não, filhinho, eu não deixo. - respondeu a mãe, carinhosa mas firmemente.

O que você acha que Joãozinho ficou pensando naquele momento? Será que ficou contente? Afinal, a mãe tinha ou não razão?

Algo semelhante ocorre, muitas vezes, conosco. Em nossa relação com Deus queremos saber os porquês de certas coisas. Por que tive que nascer? Por que viver? Por quê? Por quê? E por quê? Uma das perguntas mais comuns é a seguinte: "Se Deus nos criou livres, por que nos manda guardar Seus mandamentos?"

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Leonardo Gonçalves e a Sony Gospel Music

A Sony Music, plugada nas novas configurações do mercado fonográfico, abriu uma linha de produção de música gospel. A Sony quer pregar o evangelho do reino a todo o mundo? Claro que não. A Sony quer mais gente comprando os CDs que produz. Isso tem pouco de ética protestante, mas bastante do espírito do capitalismo. Em entrevista à revista Rolling Stone Brasil (ed. 42), Alexandre Schiavo, presidente da Sony, disse: “Em 12 meses, estaremos entre as três maiores gravadoras do segmento [gospel] e espero que alcancemos a liderança em pouco mais de dois anos.” É uma frase que poderia ser dita como aposta na produção de qualquer produto, de sapato a sabonete. Mas só a Sony tem a ganhar com essa empreitada?

A caixa registradora da Sony está interessada no potencial de lucro que determinado cantor tem dentro de um nicho de mercado. Por isso, além de contratar um experiente produtor do ramo gospel, Maurício Soares, investiu na diversidade musical gospel – Aline Barros, Marcelo Aguiar (sertanejo), DJ Alpiste (rap), Banda Resgate (rock). O ramo gospel será também uma forma de manter-se no combalido setor fonográfico.

A Sony contratou também o cantor adventista Leonardo Gonçalves, cujos dois primeiros trabalhos, os CDs “Poemas e Canções” e “Viver e Cantar”, primam pela excelência das letras e dos arranjos instrumentais.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

O som gospel cai na mídia secular. E daí?

O último “Domingão do Faustão” teve algo diferente. Em lugar de músicos populares, apareceram as cantoras Gospel Aline Barros e Fernanda Brum. As duas contaram sobre sua amizade e carreira, cantaram músicas dos respectivos repertórios, encerrando a visita cantando juntas uma música. Muitas publicações e sites evangélicos com certeza considerarão esse fato um avanço à causa evangélica. Como protestante, sou forçado a discordar de toda a mídia evangélica, católica e protestante juntas; e não tenho a intenção de criticar ninguém, mas realmente sinto que uma causa evangélica de mídia foi exaltada; mas não o evangelho em si. Já tive o prazer de ouvir pessoalmente Aline Barros e gosto de algumas de suas músicas; Fernanda Brum, escutei algumas vezes na rádio também. Meu questionamento não é de forma alguma pessoal, antes é um questionamento sobre a efetividade da arte cristã, que segue padrões de marketing, popularidade e disseminação em massa; mas perde o elevado padrão de espiritualidade profunda, reflexão renovadora dos ouvintes e transformação das vidas pelo evangelho.

Evangélico hoje bebe cerveja, dança funk, pula carnaval, vai a baladas noturnas (tudo com letramento “evangélico”, é claro!); o nome de Jesus Cristo é repetido à exaustão, mas jamais é exaltado.