quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

A Roupa da Mulher Adventista – Administrando os Recursos Divinos

Vivemos em um mundo que investe fortemente na lógica do descartável. Nós, mulheres, somos muitas vezes mais afetadas por essa lógica consumista, principalmente no que diz respeito a roupas e sapatos. A indústria da moda produz novos modelos para cada uma das quatro estações, e a roupa usada no inverno passado já não serve para o deste ano, não é mais tendência!

Contudo, apesar de estarmos imersos nessa cultura, nós, enquanto mulheres adventistas precisamos assumir uma postura diferente, uma postura segundo a vontade de Deus! E qual é a vontade de Deus quanto ao nosso investimento financeiro no vestir?

“[…] mas, minhas irmãs, quando comprardes e fizerdes vossos vestidos e de vossos filhos, pensai no trabalho ainda por fazer na vinha do Senhor. É justo comprar fazenda boa, e confeccionar cuidadosamente o vestido. Isto é economia. Mas ricos enfeites não são necessários, e condescender quanto a isto é gastar para satisfação egoísta o dinheiro que devia ser empregado na causa do Senhor.” Mensagem aos Jovens, p. 313 e 314

Devemos ter sempre em mente que nada do que temos nos pertence. Tudo o que temos é de Deus. Ele nos institui mordomos de seus recursos, e nos dá a oportunidade de administrá-los para a obra que nos comissionou. Como temos administrado esses recursos?

“Simplicidade e singeleza devem assinalar as habitações e vestuário de todos os que crêem nas solenes verdades, para este tempo. Todos os meios desnecessariamente gastos em vestuário ou no adorno de nossa casa, são um desperdício do dinheiro do Senhor. É defraudar a causa de Deus para satisfazer ao orgulho. Testimonies, vol. 5, pág. 189.” Mensagem aos Jovens, p. 315

“O amor à exibição produz a extravagância, e em muitos jovens mata a aspiração para uma vida mais nobre. Em vez de procurar educação, cedo demais se empenham nalguma ocupação a fim de ganhar dinheiro para satisfazer à paixão do vestir. E por meio desta paixão muita jovem é seduzida à ruína. Educação, pág. 247.” Mensagem aos Jovens, p. 315

Vivemos no Tempo do Fim. Já podemos ouvir os passos de um Deus que se aproxima. Deus precisa de um povo que cumpra com a ordem do “Ide” de forma eficaz. “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim” Mt. 24:14. “O Senhor ordenou a Seu povo sair do mundo e ser separado. Roupas resplandecentes e custosas não assentam nos que acreditam estarmos vivendo nos últimos dias da graça.” Mensagem aos Jovens p. 313

Karyne M. Lira Correia

Nenhum comentário:

Postar um comentário