domingo, 20 de dezembro de 2009

Culto Familiar

Entre as praticas cristãs que marcam a vida das crianças, adolescentes, jovens, adultos e mantém a família unida está o culto familiar. Fortalece os laços afetivos e a fé, propicia momentos de confraternização, descontração, aconchego, desabafo, renovação e busca de soluções juntos. Além disso, torna o lar um porto seguro em meio às tempestades. Somente encontraremos refugio e abrigo se levantarmos esse altar diariamente em nossos lares.

O culto familiar é uma das maneiras de educação religiosa no lar. Nas palavras de Ellen White: "Significa que deveis orar com vossos filhos, ensinando-lhes como se aproximar de Jesus e contar-Lhe todas as suas necessidades. Significa ainda que deveis mostrar em vossa vida que Jesus é tudo para vós, que Seu amor torna-vos paciente, bondoso, perdoador e não obstante firme em ordenar a vossos filhos depois de vós, como o fez Abraão" (O Lar Adventista, p. 317).

Além disso, o hábito de buscar a Deus em família produz cidadãos ativos e comprometidos consigo mesmos, com o lar, com a igreja e com a sociedade. Apesar de tantos benefícios, há poucas famílias cristãs ativas em prol da igreja e da sociedade atualmente, e poucas famílias dedicadas ao ensino religioso no lar.

Como pais, não podemos deixar de formar e preparar novos trabalhadores para a vinha do Senhor. O tempo é curto, o Senhor logo virá. Há urgência de mais trabalhadores, pois a seara está madura e são poucos os ceifeiros. Nossa família precisa estar incluída entre os trabalhadores ativos no serviço do Grande Rei, utilizando tempo, talentos e recursos para contar aos de perto e de longe que o Senhor projetou uma opção melhor para eles: recomeçar. É isso que a salvação vem nos proporcionar.

É tempo de manter o culto familiar como prioridade alta. Vivemos nos "últimos dias" da história deste planeta. Logo chegará o momento de apresentar-nos, com nossos filhos, ao Senhor.

"Pais, tomai convosco vossos filhos em vossos exercícios espirituais. Envolvei-os nos braços de vossa fé, e consagrai-os a Cristo. Não permitais que coisa alguma vos leve a recuar de vossa responsabilidade de educá-los retamente; não consintais que nenhum interesse secular vos induza a deixá-los para trás. Nunca permitais que vossa vida cristã os isole de vós. Levai-os convosco ao Senhor; educai-lhes a mente para que familiarizem com a divina verdade. Deixai-os associarem-se com os que amam a Deus. Levai-os ao povo de Deus como crianças cujo caráter próprio para a eternidade estais ajudando edificar", diz White.

Vamos encontrar ao Senhor unidos em família. "Deixai vir a Mim os pequeninos..."

Rejane Godinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário